Notícia: Cerimónia de Outorga de Diplomas e Grau de Licenciatura em Ciências Militares


A Academia Militar do Exército (AMEx) realizou a cerimónia de outorga de diplomas aos 99 Cadetes finalistas do primeiro Curso de Licenciatura em Ciências Militares formados em Angola no Ramo do Exército. 

Realizou-se no dia 16 de Dezembro de 2017, a cerimónia de outorga de diplomas e de grau de licenciatura para os 99 finalistas, aspirantes cadetes, formados na Academia Militar do Exército, Cidade do Lobito, Angola. A cerimónia foi presidida por sua excelência General de Exército Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (CEMGFAA), Geraldo Sachipengo Nunda e, formaliza a conclusão do curso de licenciatura em Ciências Militares na Academia Militar e em território nacional.  Esta cerimónia revestiu-se de singular importância pois marca o início de formação de oficiais com o grau de Licenciatura em ciências militares, para as Forças Armadas Angolanas, em Geral, e para o Exército em Particular. 

Até à data de realização desta cerimónia, os oficiais com licenciatura em Ciências Militares, eram formados em Academias e Instituições de ensino Superior Militares de nações amigas, respectivamente, Brasil, Portugal, República de Cuba e Rússia.

A entidade que presidiu a Cerimónia, General de Exército, CEMGFAA, no seu discurso exortou os jovens licenciados para que se regessem pelo grandes valores, nomeadamente, a primarem pelo civismo, espírito de corpo e pelo empenho e dedicação no aprimoramento técnico profissional, sentido do dever, a disciplina, o respeito pela hierarquia a lealdade e, desta forma, teremos a certeza como bons militares e que serão para que seja bem sucedido na sua carreira, deixando orgulhosos a nação, e as Forças Armadas Angolanas, que apostou neste projecto e, a Academia Militar, que os formou.  

Fez ainda mais um apelo, citando Confúcio, “A essência do conhecimento é aplicá-lo, uma vez possuído”, para que os conhecimentos científicos-técnicos e militares adquiridos, durante a sua formação, os aplicassem no desempenho das suas funções e durante as suas carreiras.

Dirigiu, também, uma palavra de felicitação aos formadores e demais trabalhadores da AMEx, pelo papel que desempenharam durante os primeiros  cinco anos, e encorajou-os a darem o seu melhor, para os anos que se seguem e a continuarem a actualizarem-se na busca do conhecimento tendo em consideração as orientações do Comandante em Chefe das FAA, o Presidente da Republica, João Lourenço. Estes processos demoram o seu tempo em dar frutos, e relembrou que os progressos obtidos por meio do ensino são lentos, pese embora, já os obtidos por meio do exemplo são mais imediatos e eficazes, tal como referido por Lucius Annaeus Seneca. 

Por fim o CEMGFAA, enalteceu o comandante da Academia, pelo trabalho que tem feito na implementação estratégica do Projecto da Academia, afirmando que esta missão está bem entregue e que se continue a primar pela excelência, pelo rigor e pela disciplina pois a formação é um dos bens mais importante na construção de um país melhor.

O evento, realizado na sede da AMEx em Lobito, contou com Ilustres convidados, a destacar, suas Excelências o sr. Governador da Província de Benguela, Secretário de Estado, Generais Comandantes do Exército e da Força Aérea Nacional, Almirante Comandante da Marinha de Guerra Angolana, Oficiais Generais, Oficiais Superiores, Capitãs, Subalternos, Sargentos Praças Docentes e Trabalhadores Civis das FAA, familiares e companheiros. 


Publicada aos: 31 De 12 De 2017 | Actualizada aos: 31 De 12 De 2017